Novas receitas

Garçonete despedida por fazer uma mamografia

Garçonete despedida por fazer uma mamografia

Uma garçonete diz que foi demitida por fazer uma mamografia de última hora

Wikimedia / Benzoyl

Uma garçonete da Pensilvânia disse que foi demitida por deixar o trabalho para fazer uma mamografia.

Uma garçonete da Pensilvânia recebeu notícias terríveis dos médicos recentemente, quando descobriu um caroço em seu seio que parecia ser câncer. Ela diz que embora seus supervisores soubessem de sua situação, ela teria sido demitida por deixar o trabalho para fazer uma mamografia.

De acordo com a CBS News, Jamie Crytzer trabalhava como garçonete no Hickory Bar and Grille em Hermitage, Pensilvânia. Depois de descobrir o caroço, a compreensivelmente apavorada garçonete e a mãe solteira marcaram uma mamografia o mais rápido possível, contando a seus gerentes sobre o susto do câncer. No início desta semana, no entanto, ela recebeu um telefonema de seu médico dizendo que uma consulta havia sido aberta e que ela poderia fazer sua mamografia mais cedo do que o esperado. Crytzer aproveitou a chance e perguntou ao gerente se ela poderia sair por uma hora para se certificar de que não tinha câncer. O gerente, porém, não foi simpático.

“Você vai fazer o que quiser e isso é o abandono do trabalho”, disse Crytzer seu gerente.

Crytzer foi para a mamografia, mas diz que quando ela voltou ao trabalho no dia seguinte, foi informada de que ela foi demitida.

Ela diz que não tinha certeza se talvez tivesse tomado a decisão errada, então postou sobre a situação no Facebook. Desde então, sua história foi compartilhada mais de 2.000 vezes, e a maioria dos comentaristas diz que teria feito exatamente o que ela fez.

Crytzer ainda está demitida e procurando emprego, mas as más notícias neste caso empalidecem em comparação com as boas, porque a mamografia de Crytzer revelou que o caroço em seu seio era benigno.


9 coisas que os bartenders gostariam que você soubesse sobre gorjetas

Falamos com bartenders de todo o país para esclarecer alguma confusão sobre gorjetas.

Embora para muitos restaurantes & # x2014e países & # x2014 vivamos em uma era pós-depósito, os bartenders costumam confiar nas gorjetas para ganhar um salário digno. À medida que os padrões de etiqueta de gorjetas se tornaram um pouco menos claros, perguntamos aos bartenders o que eles gostariam que os clientes soubessem sobre dar gorjetas para suas bebidas alcoólicas & # x2026com exceção de & # x201Faça isso, & # x201D, é claro.

1. Dar uma boa gorjeta logo no início não significa necessariamente que você obtenha um serviço melhor.

& # x201CI & # x2019veio muitos bartenders dizerem que você não pode & # x2019não comprar a atenção ou afeição deles com uma grande gorjeta & # x201D um servidor de Nova York me disse. & # x201CÀs vezes, as pessoas dão uma dica importante no início da noite para obter um & # x2018in, & # x2019, mas um bar movimentado é um bar movimentado. & # x201D

2. Dica sobre o total, não o subtotal.

& # x201CA muitas pessoas acham que você deve dar gorjeta apenas sobre o subtotal antes dos impostos & # x201D disse um barman do Brooklyn. & # x201CNo. Não & # x2019 não faça isso. & # X201D

3. A regra de $ 1 por 1 bebida é totalmente aceitável & # x2014 exceto quando você está pedindo coquetéis.

O consenso entre a maioria dos bartenders com quem conversei é que você deve dar gorjeta de US $ 1 por cerveja, mas US $ 2 por coquetel.

& # x201CA muita gente vai a um bar e & # x2019 vai pedir uma rodada para seus amigos & # x201D disse um barman de Nova Orleans. & # x201Se for uma rodada de coquetéis, eles & # x2019 me darão apenas quatro dólares de gorjeta, e isso & # x2019 é uma jogada de pau. & # x201D

4. Gorjeta primeiro em dinheiro.

& # x201CAté se você planeja usar um cartão, & # x201D disse um barman. & # x201Muitas vezes as pessoas economizam quando a guia fica muito grande e os bartenders sabem disso. & # x201D

5. Se for um especial 2 por 1, dê gorjeta para DUAS bebidas.

& # x201CQuando as pessoas ganham bebidas gratuitas ou especiais 2 por 1 e não dão gorjeta, ou dão gorjeta apenas a uma bebida, essa merda me deixa animado & # x201D um barman de New Haven disse. & # x201CO que, você acha que sua dica vale para o custo de uma bebida? Como se no final da noite o patrão nos obrigasse a cobrir o déficit? Nah cara, eu te sirvo uma bebida, você me dá uma dica. Isso é literalmente meu salário líquido. O custo se danou. & # X201D

6. Muitos bartenders contam com gorjetas para um salário digno.

Dê uma gorjeta generosa, se puder.

& # x201CI desejo a Cristo, as pessoas sabiam que os bartenders, como muitos garçons, recebem menos do que o salário mínimo, & # x201D um bartender me disse. & # x201CNós sobrevivemos com dicas. & # x201D

7. Muitos bartenders não americanos são céticos em relação ao modelo de gorjeta em geral.

& # x201CTipping é um sintoma de uma economia disfuncional e um pobre substituto para o poder de negociação coletiva de uma força de trabalho totalmente sindicalizada, & # x201D disse um barman britânico. & # x201CIt & # x2019s não é realmente feito aqui, exceto nas piores barras absolutas. Mas você recebe melhor pagamento. Portanto, não há trabalho emocional adicional e você recebe um salário real que não depende de sua capacidade de se curvar e raspar. & # X201D

8. Se você odeia o seu barman, você ainda deve dar gorjeta adequada.

& # x201CIt & # x2019s uma piscina, & # x201D disse um barman. & # x201Se você me odeia, tudo bem, não dê ordens de mim. Mas se você me enrijecer e continuar pedindo, minhas costas também estão sendo ferradas por você. & # X201D

9. Não há necessidade de movimentar dinheiro.

Isso não fará com que você seja servido com mais rapidez.

& # x201CDon & apost acenar com seu dinheiro ou tentar me sinalizar com uma barra cheia, & # x201D um barman tweetou para mim. & # x201CI vejo você e estou trabalhando para chegar até você. & # x201D


Joe & # 039s Crab Shack

Essas pernas do rei dos caranguejos já vêm cozidas no seu supermercado, geralmente previamente congeladas, por isso não teremos que fervê-las por muito tempo para terminá-las. Mas queremos dar-lhes um banho longo o suficiente para que o sabor do alho penetre na carne. Para ajudar neste processo, precisamos fazer vários furos na casca ao longo de cada perna para que a água do alho possa vazar. Use a ponta do cabo de um quebra-nozes, do tipo que costuma ser servido com caranguejo para ajudar a quebrar as cascas, ou as costas ponta de uma colher de pau para fazer esses buracos. Esta etapa também facilita a remoção das cascas ao comer o caranguejo. E você não precisa se preocupar em descascar os dentes de alho. Basta achatá-los com um martelo ou tijolo embrulhado em papel alumínio e jogá-los na água.

Experimente mais das minhas receitas imitadoras do Joe's aqui.

Nome bobo, bebida deliciosa.

Encontre mais de suas receitas favoritas de bebidas imitadoras aqui.

O aperitivo número um no menu do Joe é chamado Blue Crab Dip, mas você não precisa do blue crab para cloná-lo. Você nem precisa usar caranguejo fresco. Usei uma deliciosa carne de caranguejo do Phillip's Seafood que vem em latas de 16 onças (você pode encontrar no Costco, Sam's Club, Walmart e Vons) e o molho ficou ótimo. Você também pode usar a carne de caranguejo que vem em latas de 6 onças encontradas em praticamente todos os supermercados - você precisará de duas delas. Certifique-se de obter o tipo que inclui carne de perna e não se esqueça de drenar o líquido antes de jogá-lo dentro.

Descrição do Menu: “Prepare-se para se animar! Nossos bolinhos de galinha-jalapeno, camarão e caranguejo são os que mais vendem. ”

O aperitivo de sucesso de Joe não é tão difícil de fazer quanto você pode pensar. O segredo está em criar um recheio que se formará facilmente em uma bola e, em seguida, usar um processo de panificação em três etapas para garantir que as bolas permaneçam como bolas quando estiverem fritando. Tem jalapenos lá, mas a pimenta caiena é de onde vem o grande calor, então se você quiser que suas bolas sejam um pouco menos ardentes, apenas reduza a quantidade de pimenta caiena que você coloca na mistura.

Ei! Mais receitas imitadoras do Joe's Crab Shack aqui.

O Joe’s Crab Shack é conhecido pelo caranguejo assassino, que você pode pedir em uma variedade de sabores, cozido de várias maneiras diferentes. Para aqueles de nós que gostam de morder alimentos que nos picam, Joe's ferve o caranguejo em uma mistura super secreta de temperos picantes com um pouco de espiga de milho e batatas com casca vermelha. Esta receita é lindamente simples e você pode usar seu caranguejo cozido e congelado favorito: caranguejo do esterco, caranguejo da neve ou caranguejo rei. Depois de misturar o tempero, pegue uma panela grande que pode conter cerca de 6 litros de água e leve a água até ferver. As batatas demoram mais para cozinhar, então elas vão primeiro, seguidas do tempero, do milho e depois do caranguejo. O caranguejo já está cozido, então não vai demorar muito - você só quer cozinhá-lo o suficiente para obter o sabor do tempero na carne. O toque final é espalhar tempero sobre toda a pilha de guloseimas depois que ela sai da fervura e, em seguida, servir tudo com muitos guardanapos e talvez um babador ou dois.

Minha garçonete disse que eu ficaria tentado a lamber as cascas do meu pedido de caranguejo Dungeness "estilo churrasco" no Joe's Crab Shack. Ela estava certa. Embora seja chamado de "churrasco" no menu, não há grelhados envolvidos aqui. Em vez disso, uma pasta de temperos super saborosa é pincelada no caranguejo cozido no vapor de sua escolha antes de ser servido à sua mesa. Com esse conhecimento em meu currículo, a única coisa que eu tinha que descobrir era como clonar aquele tempero. Quando analisei uma amostra da pasta vermelho-escura, percebi pela primeira vez o sabor característico de Old Bay. Esse é um bom começo. Depois de adicionar muito sal à mistura junto com páprica para colorir, eu definitivamente estava indo na direção certa. Mas faltava algo ao sabor até que convidei um pouco de MSG para o baile. Você o encontrará no corredor de especiarias do seu supermercado com a marca Accent. Depois de apenas um pouco de açúcar e um toque de pimenta caiena para um chute extra, eu passei uma massagem seca que era um toque morto para a mistura original. Agora, era apenas uma questão de adicionar um pouco de óleo vegetal ao tempero para criar uma pasta que poderia ser aplicada nas patas de caranguejo Dungeness, caranguejo da neve ou caranguejo-real depois que o caranguejo estiver totalmente cozido no vapor. Da próxima vez que você fizer um churrasco de caranguejo, experimente este e você também servirá caranguejo que é "bom para lamber a casca".

Encontre receitas para mais de seus pratos favoritos do Joe's aqui.

Descrição do Menu: "O Joe's cruzou a fronteira com a nossa opinião sobre os nachos. Tiras de tortilla com pilhas altas e cobertas com imersão de caranguejo, pico de gallo, queijo e molho de feijão preto com milho."

Se você é louco por nacho como eu, tem que adorar os nachos de caranguejo exclusivos do Joe's Crab Shack. A rede de restaurantes cria esta escolha de aperitivo número um, espalhando tortilla chips com seu incrível crab dip e Jack cheese, e colocando tudo sob a grelha. Assim que o queijo estiver derretido e pegajoso, os nachos são cobertos com alface fatiada, regados com o excelente molho de limão e abacate e cobertos com pico de gallo e molho de feijão preto. Eu tenho clones aqui para o mergulho de caranguejo e o molho, além disso, estou incluindo recriações do condimento de milho de feijão preto e pico de gallo para finalizar sua pilha caseira de grandeza de nacho. Se você não quiser fazer o pico do zero, geralmente pode encontrar uma boa versão pré-fabricada em seu mercado local. Esse clone cria uma porção maior do que a da rede de restaurantes, e não há nada de errado nisso.


Não faça isso até um mês após a sua vacina COVID, os especialistas alertam

Novas diretrizes sugerem esperar para fazer isso por pelo menos quatro a seis semanas após a injeção.

Shutterstock

Embora a vacina COVID tenha se mostrado segura, ela vem sem avisos: você não deve tomar analgésicos sem receita antes de tomar a injeção e não deve compartilhar uma foto do seu cartão de vacinação depois. Agora, os especialistas estão alertando as pessoas para evitar outra atividade de rotina por pelo menos um mês após receber a vacina. Continue lendo para descobrir o que você deve evitar após a vacinação, e para coisas que você pode fazer, o Dr. Fauci acabou de confirmar que você pode fazer isso depois de ser vacinado.

Shutterstock

A Society of Breast Imaging acaba de divulgar um comunicado dizendo que as pessoas que recentemente receberam a vacina COVID podem apresentar edema linfático axilar [nas axilas], que pode mimetizar um sinal de câncer de mama. Como os gânglios linfáticos axilares estão próximos à parte externa da mama, vê-los inchados durante o exame das mamas pode facilmente causar preocupação. A declaração detalhava como os profissionais deveriam documentar tal ocorrência e sugeria que as pessoas esperassem para agendar sua consulta para evitar preocupações desnecessárias.

De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), o inchaço dos linfonodos axilares foi encontrado em homens e mulheres durante os testes das vacinas Pfizer e Moderna. Os gânglios linfáticos inchados são uma resposta imunológica comum que ocorre com várias vacinas, incluindo a vacina contra a gripe, as vacinas contra a hepatite, a vacina contra a poliomielite e a vacina contra o tétano, de acordo com Forbes.

"O sistema linfático é o seu sistema de drenagem e eles respondem à inflamação", explicou o especialista em hormônios e fundador do Revitalize Medical Group Tara Scott, MD. "Seus nódulos nas axilas (ou nódulos linfáticos axilares) são os mais próximos do braço - e da mama - então eles seriam visíveis em uma mamografia." E para que mais reações à vacina estejam cientes, o CDC afirma que esses três efeitos colaterais significam que sua vacina está funcionando.

Shutterstock

“A recomendação é esperar pelo menos um mês após a segunda injeção e não fazer a mamografia entre as aplicações”, disse Scott. Em sua declaração, a Society of Breast Imaging também disse que seria sensato agendar uma mamografia antes da vacina. Fazer isso também pode ajudar a relaxar se um caroço se formar perto de sua axila após receber a injeção.

Se você não conseguir uma consulta de mamografia antes da vacina, a Society of Breast Imaging sugere esperar "quatro a seis semanas após a segunda dose de uma vacinação COVID-19." E para obter informações mais atualizadas, inscreva-se no nosso boletim informativo diário.

Shutterstock

Se você tiver um motivo de preocupação ou quiser que algo seja verificado o mais rápido possível, não atrase o seu teste. Jeffrey Hawley, MD, radiologista de imagem de mama do Comprehensive Cancer Center da Universidade do Estado de Ohio, disse que os pacientes "não deveriam adiar a realização de suas mamografias ou da vacina COVID-19 - especialmente se isso levar a um longo atraso ou não serem examinados".

Se você fizer uma mamografia, lembre-se de que sua vacina COVID pode afetar os resultados e alertar seu médico de que você recentemente tomou a vacina. E para saber mais sobre quando você poderá tomar a vacina, Biden diz que será quando você conseguirá facilmente uma consulta de vacina.

Shutterstock

A mamografia não é o único exame que pode detectar um linfonodo axilar inchado. "Estamos observando adenopatia axilar unilateral na imagem da mama, [como] mamografia, ultrassom e ressonância magnética da mama após a administração da vacinação COVID-19". Sunny Mitchell, MD, diretor médico de mama e serviços femininos e diretor de cirurgia de mama no Hospital Montefiore Nyack, disse Forbes. "Isso está ocorrendo em indivíduos com histórico de câncer de mama, bem como sem histórico de câncer de mama." Mitchell disse que os radiologistas de mama estão usando acompanhamentos de curto prazo e exames de imagem repetidos para avaliar a situação antes de recomendar uma biópsia, caso o nódulo esteja relacionado à vacina COVID.

Rebecca Gamms, MD, radiologista de mama do Hackensack Radiology Group / Hackensack University Medical Center, disse Forbes eles estão "recomendando um exame de acompanhamento em 2-3 meses para permitir que os nódulos linfáticos voltem ao normal". Além disso, para evitar que essa situação ocorra com frequência, Gamms disse que está aderindo à recomendação da Society of Breast Imaging de agendar mamografias antes ou quatro a seis semanas após a vacina COVID. E para obter mais informações sobre a disponibilidade da vacina, este é quem pode obter a vacina remanescente no Walgreens, CVS e amp Walmart.


Uma noite com Orlando Bloom supostamente custou o emprego a uma garçonete

Tabloides britânicos estão enlouquecendo com uma história envolvendo Orlando Bloom e uma garçonete com quem ele supostamente ficou, que a levou a perder o emprego no elegante restaurante e hotel Chiltern Firehouse de Londres.

De acordo com o The Sun, Bloom ficou no Chiltern Firehouse por cinco dias, durante os quais ele notou a garçonete de 21 anos e aspirante a atriz Viviana Ross. Supostamente, eles voltaram para a suíte dele depois do turno dela uma noite, e um gerente mais tarde a encontrou no quarto depois que Bloom saiu. Pouco depois, Ross teria recebido uma mensagem de texto de seu chefe informando-a de que seu contrato havia sido rescindido.

O relatório levanta várias questões, incluindo por que o gerente teria entrado no quarto de Bloom sem bater, por que uma mensagem de texto é uma forma apropriada de demitir alguém e se o hotel tem uma política real contra funcionários verem hóspedes quando estão fora do horário.

Embora o motivo de sua demissão (ou do engate, por falar nisso) não tenha sido confirmado, Ross disse ao The Sun "Eu não trabalho mais no Firehouse e não vou comentar sobre nada do que aconteceu lá. "

Sempre um cavalheiro, Bloom supostamente ligou para Ross para se desculpar por sua demissão. Porém, como eles não trocaram números, diz o The Sun, ele teve que obter o número da garçonete com seu antigo empregador. Isso mais uma vez levanta a questão da ética do hotel, que parece, na melhor das hipóteses, duvidosa.

Forro de esperança, Ross disse a um amigo que era um "amante excepcionalmente bom", então talvez tenha valido a pena. Sejamos realistas, seria difícil recusar Legolas também.

Siga Delish em Instagram.


Garçonete despedida por fazer mamografia - receitas

Kim Adams estava relutante a princípio em divulgar sua história de sobrevivência ao câncer, mas depois percebeu que seu papel público lhe deu uma plataforma para ajudar os outros. // Serviços de cabeleireiro e maquiagem fornecidos por RUNWAY Salon & amp Beauty Bar, cabeleireiro / colorista: Diana Folino-Ujkaj, maquiadora: Divina Smith, garotos arrumando: Natalie Partyka

Enquanto ela acaricia suavemente o cabelo loiro sedoso e na altura dos ombros que já foi sua marca registrada no ar, Kim Adams avalia seu humor e atitude depois de tantas adversidades. “Oh, meu Deus, eu sou incrível”, declara a mulher de 49 anos, seu sorriso radiante tão amplo quanto um sistema de alta pressão. “Realmente, mais feliz do que nunca. Meus filhos estão todos saudáveis. Tenho o emprego dos meus sonhos que nem sabia que era o meu sonho. E estou em remissão. Além disso, o que mais existe? É um momento muito bom da minha vida agora, e estou pegando a onda. ”

Ela não está se gabando. Adams, que alcançou a fama em Motor City como a primeira mulher meteorologista na TV de Detroit, primeiro no Canal 7 (WXYZ) de 1997 a 2002 e depois no Canal 4 (WDIV) de vez em quando até 2009, está simplesmente surpresa por poder ver dias ensolarados novamente. Sua lista de indignidades e infortúnios é suficiente para desgastar para sempre o mais alegre entre nós: a perda de praticamente todos os seus bens no furacão Katrina, um divórcio que a deixou como mãe solteira e única provedora de seus cinco filhos e um agressivo câncer de mama que exigiu uma mastectomia dupla de emergência, cirurgia reconstrutiva e uma histerectomia completa.

Ela foi questionada "Como você faz isso?" tantas vezes que a pergunta e a resposta fazem parte de sua biografia no Facebook. "Como eu faço isso?" ela escreve. “Coragem, graça e gratidão.”

Adams, nativa de Mount Clemens, obteve seu diploma de mestre em jornalismo na Wayne State University e ingressou no ramo como leitora do clima em tempo integral em uma estação de TV perto de Columbus, Ohio. Ela se irritou com a perspectiva de ser reduzida a “a garota do tempo”, então estudou ciência atmosférica na Universidade Estadual de Ohio e obteve sua certificação na Sociedade Meteorológica Americana. Na época, no início da década de 1990, poucas mulheres possuíam essa certificação. Ela triunfantemente voltou à área de Detroit em 1997 para relatar o tempo para WXYZ.

Ela mudou-se para o WDIV em 2002, mas saiu em 2005 para ser mãe em tempo integral e se juntar ao marido, oficial da Marinha, em Pascagoula, Mississippi, onde construíram uma casa de três quartos pouco antes de o Katrina a demolir. Depois daquele desastre, que também devastou a família financeiramente porque as seguradoras se recusaram a pagar, a estação de TV em Detroit a contratou de volta. Adams deixou o emprego novamente em 2009, após o nascimento de seu terceiro filho e fez a transição para uma carreira em publicidade na TV local.

Nos anos seguintes, ela e o marido tiveram mais dois filhos - e depois se divorciaram. Adams prefere não discutir os motivos da separação, a não ser dizer: “Não tive escolha. Absolutamente nenhuma escolha. ”

Apesar de tudo, ela estava sozinha, criando cinco filhos na área de Detroit como o único ganha-pão, quando sentiu um caroço no peito enquanto preparava o café da manhã. Seu médico sugeriu pela primeira vez que poderia ser um cisto benigno, mas uma mamografia e um ultrassom encontraram um nódulo linfático inchado. Dois outros médicos, incluindo um cirurgião, também disseram a ela para não se preocupar, mas Adams não acreditou.

“Não sou do tipo que questiona os médicos, mas perdi uma amiga, Joy, para o câncer de mama”, diz Adams. “Ela encontrou um caroço sob a axila e disseram que era um nódulo linfático inchado. Cada vez que alguém dizia 'linfonodo inchado', eu pensava em Joy ”.

Uma mudança na cobertura de saúde em 2017 exigiu um novo médico primário, que concordou com as preocupações de Adams e solicitou uma mastectomia de emergência para testar o tecido. Dias depois, Adams soube que ela tinha, de fato, câncer - um carcinoma ductal agressivo e invasivo que estava se espalhando. Era difícil detectar, ela aprendeu, porque o tecido mamário é denso. Desde essa experiência, Adams se tornou uma defensora do aprendizado das mulheres sobre seu tecido mamário, um impedimento potencial para o diagnóstico de câncer que ela nunca soube que existia.

“Eles não conseguiram ver o tumor nas minhas mamografias porque um tumor aparece branco e também o tecido mamário denso”, diz ela. “É como procurar uma bola de neve em uma tempestade de neve.”

O câncer não era apenas assustador para Adams. Também era extremamente inconveniente. “Não tive tempo de me tornar vulnerável - tive que cuidar dessas crianças”, diz ela. “Eles ainda queriam café da manhã, almoço e jantar.”

Antes de contar a eles sobre seu diagnóstico, ela levou seu quinteto de férias surpresa para a Disney World. “Eu sabia que todas as nossas vidas iriam mudar a partir de então”, diz ela. “Eu queria que eles tivessem uma ótima e feliz memória de todos nós juntos.” Em seguida, seus pais, Cindy e Bill Adams de Grosse Pointe, intervinham regularmente para aliviar o fardo dos pais enquanto ela se submetia a seus tratamentos e operações.

Além de seus pais, porém, Adams solicitou pouca ajuda enquanto ela lutava por sua crise de saúde. “Kim é muito gentil, mas ela é o tipo de pessoa que não pede ajuda”, diz Renee Martin, ex-professora da primeira série de Ava, filha de Adams, que agora é uma amiga íntima da família. "Mesmo que você diga a ela que está vindo, ela dirá:‘ Não, estou bem ’. Então, eu nunca pergunto. Quando ela estava indo para as cirurgias, eu apenas estaria no hospital às 6 da manhã. ”

A jornada do câncer de Adams poderia nunca ter se tornado pública se não fosse por sua amiga, Devin Scillian, âncora de longa data do WDIV, que a pressionou por nove meses para contar sua história na TV. “Eu nunca quis que fosse sobre mim -‘ Oh, pobre Kim ’”, diz ela, ecoando algo que ela disse naquele relatório de setembro de 2017 de cinco minutos. “Meu câncer não é mais trágico do que o de qualquer outra pessoa. Por que isso é interessante? Não é. Mas Devin me convenceu de que é porque eu poderia ajudar outras pessoas. ”

Enquanto Adams se recuperava, ela buscou um novo trabalho na mídia para a TV, mas não conseguiu um emprego no ar novamente. Em vez disso, em fevereiro de 2019, ela se tornou a apresentadora do meio-dia na 98.7 FM The Breeze, a estação local de soft-rock. Ela veio para o show sem nenhuma experiência anterior de rádio e não tinha certeza de como gostaria. Acontece que se encaixava perfeitamente em sua nova realidade.

“Nunca pensei no rádio e realmente não sei por quê”, admite Adams. “Eu queria voltar para a TV, mas ninguém me queria. E você sabe por quê? Porque não era o plano de Deus. No rádio, você pode ficar sem cabelo enquanto está trabalhando, pode fazer um tratamento e ninguém sabe. Você pode fazer seu trabalho com calças de ioga. É um mundo completamente diferente da televisão. ”

Tim Roberts, que contratou Adams no The Breeze, fala muito sobre sua escolha: “Ela é um ser humano fenomenal. Kim é uma inspiração para muitas pessoas. Sua capacidade de fazer tantas coisas boas para tantas pessoas e instituições de caridade é incrível, e ela é ótima em transmitir esse calor no The Breeze todos os dias. ”

Kim Adams, relaxando com seus cinco filhos, reflete sobre o estado de sua vida depois de tantos tumultos: "Oh, meu Deus, eu sou incrível."

Outra convertida local de TV para rádio, a ex-âncora do WXYZ JoAnne Purtan, encorajou Roberts a dar uma chance a Adams, diz ele. “Depois de conhecê-la, percebi que essa mulher é um home run inacreditável”, diz Roberts. “Eu sabia que sua grande personalidade viria pelo ar, e isso é realmente o que é preciso. E ela ficou dramaticamente melhor em um tempo relativamente curto. ”

Adams relembra o lançamento inebriante e intenso deste capítulo de sua carreira. Sua audição foi um teste de tiro no ar no programa matinal da estação. Ela nunca havia operado uma placa de controle de rádio antes. “O cara que dirige à tarde me deu 10 minutos de treinamento, mas às 5 da manhã não há ninguém lá além de você”, diz ela. "Eu nem sabia como entrar pela porta da frente."

Estimulada por sua plataforma no The Breeze, Adams diz que participa de vários eventos de caridade todos os meses, muitas vezes trazendo seus filhos para apoiar organizações como Turning Point Services, organização sem fins lucrativos contra violência doméstica, cujo benefício anual Stepping Out With the Stars foi adiado para 13 de agosto (visita Turnpointmacomb.org para detalhes) Susan G. Komen Race for the Cure e a Easterseals Miracle League de Michigan. Ela acompanhou ouvintes, às vezes totalmente desconhecidas, às consultas médicas depois que receberam o diagnóstico de câncer de mama.

Adams é filosófico sobre sua jornada. O único item de sua casa no Mississippi a sobreviver à ira de Katrina em 2005, surpreendentemente, foi um delicado lustre de cristal que agora está pendurado na sala de jantar de sua casa no subúrbio de Detroit. “É um lembrete de quem eu sou”, diz Adams. “Quando o lustre era novo, era perfeito, sem falhas. Mas depois de um furacão, vários movimentos, e nem sempre sendo cuidado, agora está arranhado e um pouco machucado. Alguns de seus cristais estão faltando. Não é mais o que costumava ser, mas ainda brilha intensamente e fornece luz para outras pessoas. Ainda é lindo e merece ser amado, apesar das cicatrizes. ”


Pastor local Alois Bell & # 8217s Tip & # 8220I Give God 10% & # 8221 Leva Applebees Waitress demitida

(KTVI) & # 8211 Dez palavras simples rabiscadas em um recibo de cartão de crédito do Applebee local por um ministro de St. Louis deixaram usuários de internet de todo o mundo enlouquecendo.

A ministra, insatisfeita por ser obrigada a pagar uma gratificação automática de 18 por cento porque estava jantando com um grupo de dez, deixou seus dois centavos a tinta.

& # 8220Eu dou dez por cento a Deus, por que você recebe 18 & # 8221 St. Louis O pastor Alois Bell, 37, escreveu no recibo na sexta à noite no Applebee`s em South Kingshighway.

Na terça-feira, uma foto de seu jeremiada foi postada no site Reddit, desencadeando um debate na web de proporções bíblicas.

& # 8220Foi simplesmente idiota & # 8221 disse Bell. & # 8220Fui burro da minha parte e posso dizer isso porque assumo a responsabilidade por todas as minhas ações. & # 8221

Bell diz que apesar de seu comentário sarcástico, ela pagou sua parte da gorjeta automática por jantar com uma grande festa.

& # 8220O que eles não mostraram é o dinheiro que eu deixei e que todos nós deixamos na mesa, & # 8221 disse Bell. Ela diz que deixou $ 6,29 na mesa e que o valor da gorjeta também foi cobrado de seu cartão de crédito. Todos os outros na mesa também deixaram gorjetas em dinheiro.

Acontece que o recibo não foi postado pela garçonete que servia a mesa do ministro. Foi colocado no Reddit pelo usuário gateflan, por Chelsea Welch, outra garçonete do Applebee`s que viu o recibo e ficou furiosa.

& # 8220Tirei uma foto do bilhete porque achei que era comicamente imaturo & # 8221 Welch disse. & # 8220 Achei engraçado o fato de alguém não apenas se recusar a dar gorjeta, não apenas fingir que era um idiota, mas também usar a cartada da religião como desculpa. & # 8221

Quando Bell alertou Applebee`s sobre a postagem na Internet, Welch foi demitido.

A congregação de Bell & # 8217s é uma igreja no centro da cidade chamada & # 8216Truth In The Word Deliverance Ministries. & # 8217 Ela diz que o sermão de domingo & # 8217s será sobre perdão e redenção.

Welch diz que tem recebido ofertas de apoio financeiro e agora existe até uma petição online para que ela seja recontratada pela Applebee`s. As pessoas que assinam prometem comer no Applebees se a recontratarem.

A petição diz: & # 8220Não & # 8217não os culpamos por errar do lado de um cliente zangado, mas uma análise mais detalhada do assunto revela que esse cliente zangado em particular estava errado. O Applebee & # 8217s deve corrigir o erro e mostrar que defende os funcionários que estão fazendo seu trabalho. & # 8221


Garçonete de Nova York é despedida do emprego por dizer que queria esperar para receber a vacina COVID-19 por causa de preocupações com seus efeitos sobre a gravidez

Uma garçonete de Nova York foi demitida de seu emprego na segunda-feira após ter dito a seus chefes em uma taverna que queria esperar para tomar a vacina COVID-19 até que pudesse aprender mais sobre seus efeitos colaterais em mulheres grávidas.

Bonnie Jacobson, 34, disse que não é uma & # x27anti-vaxxer & # x27, mas queria esperar por mais pesquisas, pois recentemente começou a tentar engravidar de seu marido, disse ela ao DailyMail.com.

Jacobson, que começou a trabalhar na Red Hook Tavern em agosto, disse que o restaurante primeiro enviou um e-mail em 8 de fevereiro que dizia: & # x27Se você decidir se vacinar, aqui está o que você precisa saber. & # X27

Esse e-mail, revisado por DailyMail.com, não disse aos funcionários que as vacinas eram necessárias.

Jacobson disse que disse a seu gerente durante uma reunião de equipe que queria mais tempo para pesquisar a vacina e disse que seu gerente inicialmente entendeu suas preocupações, dizendo que ela não seria obrigada a tomar a vacina.

Mas a taverna do Brooklyn mudou de ideia dias depois, em 12 de fevereiro, e enviou funcionários e e-mails informando que as vacinas eram obrigatórias.

Bonnie Jacobson, retratada, foi demitida de seu emprego como garçonete na Red Hook Tavern, no Brooklyn, na segunda-feira. Jacobson disse que queria esperar para receber a vacina contra o coronavírus depois que os funcionários receberam um e-mail dizendo que era obrigatório

& # x27 Informamos que exigiremos que todos os funcionários recebam a vacinação & # x27 anota o e-mail.

& # x27Isso será obrigatório para todos os funcionários existentes e quaisquer novas contratações. A exceção a esta política será se sua própria saúde ou deficiência o proibir de obter esta vacinação. Incentivamos você a consultar seu profissional de saúde para determinar se tomar a vacina é o certo para você. & # X27

Jacobson então mandou um e-mail para seus empregadores no sábado e disse que ainda não queria receber a vacina, o que ela disse & # x27 totalmente apoia. & # X27

'I am choosing not to get the vaccine because there just isn’t enough data or research at this point on its effects on fertility,' she wrote to her boss.

'While I fully support the vaccine and understand its importance I do believe this is a very personal choice. I really hope this choice would not affect my employment at Red Hook Tavern.'

In her email, Jacobson noted that she takes COVID 'very seriously,' and has practiced the safety guidelines and would continue to do so.

'I get tested every 1-2 weeks and have never tested positive for COVID. I plan to continue these safety practices for as long as necessary,' she wrote.

She continued: ɺlso once there is more research to support that it does not affect fertility I would reconsider my position.'

But on Monday, Jacobson received an email back noting her 'very personal choice' and saying the company 'respected' her decision to not get vaccinated.

'In order to continue employment with us, getting the vaccine is required. At this time your employment will be terminated. We are sad to see you go. If you do change your mind, please do not hesitate to let us know,' the company wrote.

DailyMail.com has reached out to Red Hook Tavern owner Billy Durney for additional information and further comments.

Red Hook Tavern owner Billy Durney said he could have handled the situation differently Durney said the Red Hook Tavern would update its policy so it’s clear to its employees how the process works

Jacobson said her concerns were sparked when she saw articles online indicating vaccines could cause infertility. After further research, most of what she saw was debunked, she acknowledged.

'The research does say there is no evidence to support it does cause fertility. But there is not enough data to say it doesn’t,' she said.

ɺs a 34-year-old woman, why take the risk right now when I can just wait a little longer when there are people a lot older and more at risk who could use the vaccine more than I could right now?'

She added: 'My dad is 68 years old and lives in Pennsylvania and has diabetes, there’s no reason why I should be getting that before him.'

Jacobson said she was frustrated that the restaurant didn't even give her the chance to have an in-person conversation about the vaccine requirements, and said she might have been convinced into getting one.

'I just wanted more time they didn’t allow me that, I didn’t even have time to consult a physician. It was a week from being 'your choice,' to it's not going to be mandatory, to it us mandatory, to you’re fired,' she said.

'I had a very good working relationship there. I just had an employee review on February 6 and it was all positive, so it was truly shocking that it was so impersonal.'

Jacobson said that when she sent her email on Saturday, she expected the restaurant's management would have a conversation with her directly if they wanted her to get the vaccine.

'The conversation may have swayed me the other way. When I first saw the email about getting fired, I thought, "Okay, maybe I will get vaccinated." So they maybe could have talked me into getting vaccinated,' she said.

Durney acknowledged to The New York Times that he could have handled the situation differently.

'Once New York state allowed restaurant workers to receive the COVID-19 vaccine, we thought this was the perfect opportunity to put a plan in place to keep our team and guests safe,' Durney said in an emailed statement obtained by the outlets.

He continued: 'No one has faced these challenges before and we made a decision that we thought would best protect everyone,'

ɺnd, we now realize that we need to update our policy so it’s clear to our team how the process works and what we can do to support them. We’re making these changes immediately.'

Jacobson said she was not offered her job back,and would not accept it if she was.

Restaurant employees were among the first groups to be eligible to get the vaccine in New York outside of the health care industry and can help struggling businesses bring back diners.

The U.S. Equal Employment Opportunity Commission, which enforces workplace discrimination laws, does allow companies to mandate the flu and other vaccines.

In December, the agency issued guidelines ruling that companies can require employees to get vaccinated but had to provide 'reasonable accommodations' to those with disabilities.

Some existing laws could throw uncertainty to the legality of requiring a woman who is already pregnant to get the vaccine.

LEGAL EXEMPTIONS FOR MANDATORY VACCINATION PROGRAMS

Religious Accommodations Under Title VII of the Civil Rights Act of 1964

The law prohibits employers from discriminating against any individual because of their race, color, religion, sex, or national origin.

This means employees can request an exemption to mandatory vaccination programs if it goes against a 'sincerely held religious belief.'

Establishing the case may be challenging however, depending on how jurisdictions define religious beliefs.

Personal or ethical objections or personal anti-vaccination positions are not covered by this law.

Medical Accommodations Under the ADA

Under the Americans with Disabilities Act (ADA), employees can object to a mandatory vaccine policy for medical reasons.

The worker is required to prove they have a medical condition that makes it unsafe to get a vaccine.

The Occupational Safety and Health Act (OSHA) of 1970

Section 11(c) of the act pertains to whistle blower rights.

ɺn employee who refuses vaccination because of a reasonable belief that he or she has a medical condition that creates a real danger of serious illness or death (such as serious reaction to the vaccine)' may be protected under this law.

Title VII of the Civil Rights Act prohibits discrimination based on race, color, national origin, religion, and sex, including pregnancy.

The Pregnancy Discrimination Act forbids discrimination based on pregnancy, including hiring and firing, If a woman is temporarily unable to perform her job due to a medical condition related to pregnancy.

The American Disabilities Act notes that pregnancy alone cannot be deemed a disabling condition requiring reasonable accommodations, but many pregnancy-related conditions are considered disabilities.

Labor lawyer Carolyn D. Richmond told The New York Times it is too early in the distribution of the vaccine for companies to mandate employees get the shot.

'Pregnancy and vaccine — as soon as you hear those words in the workplace, you should stop to think if what you are doing is right or wrong,' said Richmond, who advises the NYC Hospitality Alliance.

'It has to be generally available to the employee population and it's not. None of us are having an easy time getting appointments.'

Adam Mastroleo, a lawyer with Syracuse-based Bond, Schoeneck and King, told Syracuse.com that everyone has the right to choose whether or not to get the vaccine because it was approved under emergency authorization.

Others claim that laws are pretty clear about whether employers can force their workers to get a vaccine.

Dorit Reiss, a professor at the University of California Hastings College of Law, told CNBC that private businesses have extensive rights.

“Requiring a vaccine is a health and safety work rule, and employers can do that,” Reiss told the outlet in December.

Hana El Sahly, a doctor who oversaw a clinical trial for Moderna’s vaccine, told CNBC that hospitals could eventually make the COVID vaccine a condition of employment.

The Pfizer-BioNTech and Moderna vaccines were not tested on pregnant women, according to the Centers for Disease Control and Prevention, and their ➬tual risks' to pregnant women and their fetuses remains unknown.

The World Health Organization advised pregnant women last month not to get the inoculation unless at high risk for the coronavirus due to underlying illnesses.


Doctors Say Do These 2 Things the Morning of Your Vaccine Appointment

Taking these simple steps before your shot can ensure you feel your best.

Shutterstock

The novelty of the coronavirus and the vaccine that's come along with it have us thinking more deeply about getting our shots than ever before. What should you do to prepare? What medicine can you take and when? And what should you expect afterwards? While you've likely heard tons about what não to do before you get vaccinated, you might not be as well aware of what can help ensure your vaccination goes as smoothly as possible. Now, medical experts have some advice about what you should do the day of your shot. To see what doctors say you should do the morning of your vaccine appointment, read on, and for some vaccine advice from the nation's leading expert, check out Dr. Fauci Just Said Don't Take This Medication With the COVID Vaccine.

iStock

Before heading out to get your shot, be sure to have a meal. "You want to follow your normal routine of making sure you've had something in your tummy," UCHealth's Medical Director of Infection Prevention Michelle Barron, MD, told NBC affiliate 9News. The experts at Nebraska Medicine add that proper nutrition may be able to help combat any dizziness or lightheadedness that can occur in those nervous about getting the jab.

Another thing you should be sure to do before sitting down for your shot is hydrate. UCHealth and Nebraska Medicine both note the importance of drinking plenty of water before your vaccine. While being hydrated is important every day, it's especially key on the day of your vaccine to prevent dehydration and keep you feeling your best before and after the shot. "Staying hydrated before the vaccine will contribute to your well-being," the experts at UCHealth point out.

These two tips are some of the easiest ways to make sure your vaccination goes smoothly. But to see what you shouldn't do before and after your shot, read on. And for more COVID news delivered right to your inbox, sign up for our daily newsletter.

Shutterstock/Andrey_Popov

During a Feb. 25 interview with CBSN, White House COVID adviser Anthony Fauci, MD, said people should not take pain relievers that "suppress immunological response" before getting vaccinated. The Centers for Disease Control and Prevention (CDC) also echoed this advice in their vaccination guidelines. "It is not recommended you take these medicines [ibuprofen, aspirin, antihistamines, or acetaminophen] before vaccination for the purpose of trying to prevent side effects, because it is not known how these medications may impact how well the vaccine works," reads the CDC's website.

However, you are clear to take pain relievers after your vaccination if you experience any side effects. To see if you need to talk to your doctor before the shot, check out If You Take This Common Medication, Talk to a Doctor Before Your Vaccine.

Shutterstock

Experts say it's best to hold off on getting any facial injections until after your COVID vaccine since studies have shown that they could cause an adverse reaction. A report from the U.S. Food and Drug Administration (FDA), presented to the Vaccines and Related Biological Products Advisory Committee (VRBPAC), documented a few occasions in which vaccine recipients who had gotten cosmetic filler injected into their cheeks or lips between two weeks to six months prior to their vaccination experienced swelling after their shot. To see what you should avoid after getting vaccinated, check out Dr. Fauci Says Don't Do This After Your First COVID Shot.

Shutterstock

Swollen lymph nodes under your arm are a possible immune response from the COVID vaccine, and are nothing to be worried about. But the Society of Breast Imaging (SBI) cautioned that this side effect could mimic a lump that would be indicative of breast cancer, potentially raising unnecessary concern. SBI suggests people schedule their regular mammogram appointment "four to six weeks following the second dose of a COVID-19 vaccination" unless they need urgent medical attention. And to see what you should be ready for after your second shot, check out Doctors Are Warning You to "Be Prepared" for This After Your Second Dose.

iStock

Amy's Baking Company's Employee Contract Exposed: The 8 Most Insane Rules at the Infamous Pesadelos de cozinha Restaurante

Facebook

Remember Amy's Baking Company? The first restaurant that Gordon Ramsay ever quit on, on Pesadelos de cozinha? Yeah you do! Porque Amy e Samy Bouzaglo swore at their customers and tried to hurt them with food and who could forget that!

Amy has finally opened up, to The Daily Mail, about life after the reality show, allegedly saying: "Physically, this has taken a huge toll on me." She claims the couple had to turn off their phone to stop harassing calls and she now worries Samy will be deported to Israel.

As for the episode itself, Amy claims that they actually quit the show, not the other way around ("To make sure they didn't misportray us.") and, on the matter of stealing the employees' tips, claims, "[Samy] would rather cut his balls off than take money from any waitress or servers."

An interesting thing to say when shortly thereafter she admits, "Since the show, we recognize the outcry and now we're giving the servers their tips." So by interesting, we mean maybe that was a lie.

It's also "interesting" in light of an alleged employee contract that's leaked online, outlining the rules of the restaurant. There are 20 rules total and, though they start off as expected ("No Cell Phones allowed" and "You must be dressed appropriately"), the real nutty stuff comes towards the end:

"5).Any type of attitude will result in immediate termination." A fact we learned first hand on the show, when a waitress was fired and called a "a poisonous little viper" after Amy decided her line of questioning was tinged with attitude.

Histórias populares

John Krasinski Reacts to Amy Schumer's Joke About His Marriage

A Look at the Surprising Aftermath of Bill and Melinda Gates' Divorce

Tarzan's Joe Lara and Wife Gwen Dead in Plane Crash

"6). You must leave the premise immediately after your scheduled shift, and no family or friends may come to see you while working." Also, employees must not visit or partake in "unnecessary talking" in order to avoid possible harm.

"9).At no point is any food or any type of open beverage allowed in the kitchen. This is a direct Health Code Violate." It's also a violation of no food being cooked in the kitchen (Allegedly. Or so we hear. From Gordon during the episode.)

"14). Respect and distance must be given to all fellow employees. No harassment or bullying of any type will be tolerated and will be cause for immediate termination." Note: This policy applies to employees, not customers.

16) Holidays and Weekends are Mandatory, by signing this contract you are accepting that you will be required to work all Holidays, and Weekends. Due to the nature of our Industry this is a necessity and any No-Show will be monetarily penalized with a fee of $250.00.

17) The recipes and techniques that have been developed by Amy at ABC are exclusive and shall remain confidential. Any removal of recipes will be considered theft. Read it this way: "Recipes" and "techniques."

19) The wait staff understands that any and all ‘tips' are property of the ‘house'. By signing this contract you agree that you willing accept a payment Waitress Fired for Getting Mammogram - Recipes,[nobr][H1toH2]


Assista o vídeo: Mamografia (Janeiro 2022).