Novas receitas

Estrela de ‘Saturday Night Live’ Fred Armisen escreveu duas canções sobre o KFC

Estrela de ‘Saturday Night Live’ Fred Armisen escreveu duas canções sobre o KFC

Armisen escreveu duas canções para promover o Nashville Hot Chicken do KFC e lançou-as na forma de um disco

Sempre soubemos que o frango do KFC precisava de uma trilha sonora.

A mais nova voz do Coronel Sanders do KFC vem de Saturday Night Live e Portlandia O ex-aluno Fred Armisen, que escreveu e executou dois jingles para o Nashville Hot Chicken do KFC, ambos gravados nos lados A e B de um disco de 12 polegadas.

Os discos serão distribuídos gratuitamente em lojas de discos, para que você possa ouvir algumas canções de blues e frango frito enquanto (presumivelmente) belisca o Nashville Hot Chicken da KFC.

Como diz o site KFC:

“Um disco de vinil de edição extremamente limitada foi escondido em lojas de discos selecionadas nestes excelentes Estados Unidos. Você poderia ser um dos sortudos que podem adicionar este álbum especial à sua biblioteca de áudio? Veja o mapa abaixo e seja a inveja de todos no mundo que não possuem este magnífico recorde. ”

Se você está curioso sobre as faixas do lickin ', mas não o suficiente para rastrear a gravação você mesmo, pode ouvir uma gravação de cada música no site.


O show desta semana começou na sede da RNC, onde Kristen Wiig interpretou Christine O’Donnell para recitar digressões mais problemáticas de seu passado após sua controversa vitória sem apoio nas primárias para representar a candidatura republicana ao Senado de Delaware. Ela não foi apenas controversa por ganhar este lugar como uma forasteira, mas também alegou ser uma ex-bruxa que tentou criar ratos com cérebros humanos e também organizou uma luta de cães ou duas que fariam Michael Vick parecer um piker. Claro, sendo este o esboço de abertura, eventualmente levou ao anúncio de, "Live from New York ..."

Amy Poehler então abriu oficialmente o show com um monólogo sobre como seu sonho de apresentar o show estava se tornando realidade. Ela então compartilhou o que tinha feito desde que deixou o show, antes de apresentar os novos jogadores que literalmente duraram um segundo. Ela então terminou sua rotina de abertura compartilhando um flashback em que pudemos ver seu sonho recorrente de estresse de quando ela estava no elenco e temia chegar atrasada para o show devido a uma série de participações especiais gratuitas de ex-alunos e novos colegas de elenco que tentaram roubá-la personagens.

Bronx Beat com Betty e Jodi trouxe de volta Maya Rudolph para se juntar a Amy Poehler, a fim de reprisar os personagens do apresentador de talk show do Bronx Beat para zombar dos estereótipos do Bronx. Esta semana, os dois falsos apresentadores reunidos entrevistaram a convidada musical de hoje à noite, Katy Perry, para o esquete infame em que ela usava uma camisa decotada do Elmo e ria e balançava enquanto promovia o fato de que sua personagem lia livros para crianças na biblioteca local.

Isso foi seguido por um anúncio falso do Bosley Hair Restoration System, onde Jason Sudeikis interpretou um porta-voz que compartilhou como a empresa usava os pelos púbicos dos clientes para substituir os cabelos perdidos em suas cabeças, seja o cliente um homem de uma mulher de qualquer raça.

Maternity Matters foi outro na série em que Fred Armisen interpretou um produtor agressivo que entrou em cena como um substituto de última hora para um show onde o assunto é muito sensível para seu temperamento. Como sugere o título do esboço, desta vez ele apresentou um programa voltado para mulheres grávidas.

Mesquita no Marco Zero foi outro anúncio falso onde Bill Hader interpretou um pitchman que elogiou um turbilhão de atividades anti-democráticas que estavam ocorrendo na Mesquita no Marco Zero. Alguns dos serviços oferecidos eram coisas como a realização de casamento gay, naturalização gratuita para cidadãos mexicanos, sala de interrupção da gravidez, bem como muitos outros serviços semelhantes que pareciam mais coisas disponíveis em um shopping do que em qualquer forma de estabelecimento religioso.

Katy Perry então subiu ao palco para interpretar California Gurls

Mais uma vez, Seth Meyers nos deu a notícia. Esta semana, Amy Poehler se juntou a Seth para outra rodada de Really. em relação ao recente discurso de Mahmoud Ahmadinejad onde ele previu a derrota do capitalismo e que os EUA estavam realmente envolvidos nos ataques de 11 de setembro. Jay Pharoah então fez sua estréia no noticiário como Will Smith para explicar como, embora ele não tenha começado em nenhum blockbuster de verão este ano, ele ainda está emocionado por sua prole estar ativa na tela em seu lugar. O verdadeiro David Paterson também parou para confrontar Fred Armisen sobre sua personificação, que principalmente zombou dele por ser cego. (Clipe 2)

The Lean Years trouxe de volta o personagem desbocado e caprichoso de Amy Poehler como o foco de uma nova série do Showtime dedicada a ela e a ela, não tão secreta, a perna perdida. Eu acho que com foi baseado em um monte de séries do Showtime dessa época, as mulheres mostradas com grandes segredos, já que a introdução era composta de paródias rápidas desses outros shows.

Isso foi seguido por outro curta digital SNL chamado Boogerman que aconteceu no Oscar, onde Katy Perry escolheu a faixa-título de um filme chamado Boogerman que estrelou, como convidado especial, Peter Sarsgaard como o herói e Andy Samberg como disse Boogerman.

Ladies Who Lunch aconteceu em um almoço onde as mulheres do elenco e nossa anfitriã eram super competitivas e com ciúmes uns dos outros chapéus minúsculos que ficavam cada vez mais minúsculos a cada novo personagem que era apresentado à cena.

Katy Perry então voltou ao palco para apresentar Teenage Dream.

Ator II O ator teve Andy Samberg como um entusiasta da atuação, que questionou seu convidado especial, Justin Timberlake, quando ele desistiria de seus caminhos teatrais e voltaria a fazer música.

The Even More Expendables foi uma paródia de The Expendables, que apresentava uma coleção cada vez maior de quase-celebridades juntas em grupos para criar ainda mais filmes de ação em conjunto, mesmo que a maioria desses novos personagens não sejam atores, muito menos heróis de ação, em tudo.


O show desta semana começou na sede da RNC, onde Kristen Wiig interpretou Christine O’Donnell para recitar digressões mais problemáticas de seu passado após sua controversa vitória sem apoio nas primárias para representar a candidatura republicana ao Senado de Delaware. Ela não só foi polêmica por ganhar este lugar como uma forasteira, mas também alegou ser uma ex-bruxa que tentou criar ratos com cérebros humanos e também organizou uma luta de cães ou duas que fariam Michael Vick parecer um piker. Claro, sendo este o esboço de abertura, eventualmente levou ao anúncio de, "Live from New York ..."

Amy Poehler então abriu oficialmente o show com um monólogo sobre como seu sonho de apresentar o show estava se tornando realidade. Ela então compartilhou o que tinha feito desde que deixou o show, antes de apresentar os novos jogadores que literalmente duraram um segundo. Ela então terminou sua rotina de abertura compartilhando um flashback em que pudemos ver seu sonho recorrente de estresse de quando ela estava no elenco e temia chegar atrasada para o show devido a uma série de participações especiais gratuitas de ex-alunos e novos colegas de elenco que tentaram roubá-la personagens.

Bronx Beat com Betty e Jodi trouxe de volta Maya Rudolph para se juntar a Amy Poehler, a fim de reprisar os personagens do apresentador de talk show do Bronx Beat para zombar dos estereótipos do Bronx. Esta semana, os dois falsos apresentadores reunidos entrevistaram a convidada musical de hoje à noite, Katy Perry, para o esquete infame onde ela usava uma camisa decotada do Elmo e ria e balançava enquanto promovia o fato de que sua personagem lia livros para crianças na biblioteca local.

Isso foi seguido por um anúncio falso do Sistema de Restauração Capilar Bosley, onde Jason Sudeikis interpretou um porta-voz que compartilhou como a empresa usava os pelos púbicos dos clientes para substituir os cabelos perdidos em suas cabeças, seja o cliente um homem de uma mulher de qualquer raça.

Maternity Matters foi outro na série em que Fred Armisen interpretou um produtor agressivo que entrou em cena como um substituto de última hora para um show onde o assunto é muito sensível para seu temperamento. Como sugere o título do esboço, desta vez ele apresentou um programa voltado para mulheres grávidas.

Mesquita no Marco Zero foi outro anúncio falso onde Bill Hader interpretou um pitchman que elogiou um turbilhão de atividades anti-democráticas que estavam ocorrendo na Mesquita no Marco Zero. Alguns dos serviços oferecidos eram coisas como a realização de casamento gay, naturalização gratuita para cidadãos mexicanos, sala de interrupção da gravidez, bem como muitos outros serviços semelhantes que pareciam mais coisas disponíveis em um shopping do que em qualquer forma de estabelecimento religioso.

Katy Perry então subiu ao palco para interpretar California Gurls

Mais uma vez, Seth Meyers nos deu a notícia. Esta semana, Amy Poehler se juntou a Seth para outra rodada de Really. em relação ao recente discurso de Mahmoud Ahmadinejad onde ele previu a derrota do capitalismo e que os EUA estavam realmente envolvidos nos ataques de 11 de setembro. Jay Pharoah então fez sua estréia no noticiário como Will Smith para explicar como, embora ele não tenha começado em nenhum blockbuster de verão este ano, ele ainda está emocionado por sua prole estar ativa na tela em seu lugar. O verdadeiro David Paterson também parou para confrontar Fred Armisen sobre sua personificação, que principalmente zombou dele por ser cego. (Clipe 2)

The Lean Years trouxe de volta o personagem desbocado e caprichoso de Amy Poehler como o foco de uma nova série do Showtime dedicada a ela e a ela, não tão secreta, a perna perdida. Eu acho que com foi baseado em um monte de séries do Showtime dessa época, as mulheres mostradas com grandes segredos, já que a introdução era composta de paródias rápidas desses outros shows.

Isso foi seguido por outro curta digital SNL chamado Boogerman que aconteceu no Oscar, onde Katy Perry escolheu a faixa-título de um filme chamado Boogerman que estrelou, como convidado especial, Peter Sarsgaard como o herói e Andy Samberg como disse Boogerman.

Ladies Who Lunch aconteceu em um almoço onde as mulheres do elenco e nosso anfitrião eram super competitivas e com ciúmes uns dos outros chapéus minúsculos que ficavam cada vez mais minúsculos a cada novo personagem que era apresentado à cena.

Katy Perry então voltou ao palco para apresentar Teenage Dream.

Ator II O ator teve Andy Samberg como um entusiasta da atuação, que questionou seu convidado especial, Justin Timberlake, quando ele desistiria de seus caminhos teatrais e voltaria a fazer música.

The Even More Expendables foi uma paródia de The Expendables, que apresentava uma coleção cada vez maior de quase-celebridades juntas em grupos para criar ainda mais filmes de ação em conjunto, mesmo que a maioria desses novos personagens não sejam atores, muito menos heróis de ação, em tudo.


O show desta semana começou na sede da RNC, onde Kristen Wiig interpretou Christine O’Donnell para recitar digressões mais problemáticas de seu passado após sua controversa vitória sem apoio nas primárias para representar a candidatura republicana ao Senado de Delaware. Ela não só foi polêmica por ganhar este lugar como uma forasteira, mas também alegou ser uma ex-bruxa que tentou criar ratos com cérebros humanos e também organizou uma luta de cães ou duas que fariam Michael Vick parecer um piker. Claro, sendo este o esboço de abertura, eventualmente levou ao anúncio de, "Live from New York ..."

Amy Poehler então abriu oficialmente o show com um monólogo sobre como seu sonho de apresentar o show estava se tornando realidade. Ela então compartilhou o que tinha feito desde que deixou o show, antes de apresentar os novos jogadores que literalmente duraram um segundo. Ela então terminou sua rotina de abertura compartilhando um flashback em que pudemos ver seu sonho recorrente de estresse de quando ela estava no elenco e temia chegar atrasada para o show devido a uma série de participações especiais gratuitas de ex-alunos e novos colegas de elenco que tentaram roubá-la personagens.

Bronx Beat com Betty e Jodi trouxe de volta Maya Rudolph para se juntar a Amy Poehler, a fim de reprisar os personagens do apresentador de talk show do Bronx Beat para zombar dos estereótipos do Bronx. Esta semana, os dois falsos apresentadores reunidos entrevistaram a convidada musical de hoje à noite, Katy Perry, para o esquete infame onde ela usava uma camisa decotada do Elmo e ria e balançava enquanto promovia o fato de que sua personagem lia livros para crianças na biblioteca local.

Isso foi seguido por um anúncio falso do Bosley Hair Restoration System, onde Jason Sudeikis interpretou um porta-voz que compartilhou como a empresa usava os pelos púbicos dos clientes para substituir os cabelos perdidos em suas cabeças, seja o cliente um homem de uma mulher de qualquer raça.

Maternity Matters foi outro na série em que Fred Armisen interpretou um produtor agressivo que entrou em cena como um substituto de última hora para um show onde o assunto é muito sensível para seu temperamento. Como sugere o título do esboço, desta vez ele apresentou um programa voltado para mulheres grávidas.

Mesquita no Marco Zero foi outro anúncio falso onde Bill Hader interpretou um pitchman que elogiou um turbilhão de atividades anti-democráticas que estavam ocorrendo na Mesquita no Marco Zero. Alguns dos serviços oferecidos eram coisas como a realização de casamento gay, naturalização gratuita para cidadãos mexicanos, sala de interrupção da gravidez, bem como muitos outros serviços semelhantes que pareciam mais coisas disponíveis em um shopping do que em qualquer forma de estabelecimento religioso.

Katy Perry então subiu ao palco para interpretar California Gurls

Mais uma vez, Seth Meyers nos deu a notícia. Esta semana, Amy Poehler se juntou a Seth para outra rodada de Really. em relação ao discurso recente de Mahmoud Ahmadinejad onde ele previu a derrota do capitalismo e que os EUA estavam realmente envolvidos nos ataques de 11 de setembro. Jay Pharoah então fez sua estréia no noticiário como Will Smith para explicar como, embora ele não tenha começado em nenhum blockbuster de verão este ano, ele ainda está emocionado por sua prole estar ativa na tela em seu lugar. O verdadeiro David Paterson também parou para confrontar Fred Armisen sobre sua personificação, que principalmente zombou dele por ser cego. (Clipe 2)

The Lean Years trouxe de volta o personagem desbocado e caprichoso de Amy Poehler como o foco de uma nova série do Showtime dedicada a ela e a ela, não tão secreta, a perna perdida. Eu acho que com foi baseado em um monte de séries do Showtime dessa época, as mulheres mostradas com grandes segredos, já que a introdução era composta de paródias rápidas desses outros shows.

Isso foi seguido por outro curta digital SNL chamado Boogerman que aconteceu no Oscar, onde Katy Perry escolheu a faixa-título de um filme chamado Boogerman que estrelou, como convidado especial, Peter Sarsgaard como o herói e Andy Samberg como disse Boogerman.

Ladies Who Lunch aconteceu em um almoço onde as mulheres do elenco e nossa anfitriã eram super competitivas e com ciúmes uns dos outros chapéus minúsculos que ficavam cada vez mais minúsculos a cada novo personagem que era apresentado à cena.

Katy Perry então voltou ao palco para apresentar Teenage Dream.

Ator II O ator teve Andy Samberg como um entusiasta da atuação, que questionou seu convidado especial, Justin Timberlake, quando ele desistiria de seus caminhos teatrais e voltaria a fazer música.

The Even More Expendables foi uma paródia de The Expendables que apresentava uma coleção cada vez maior de quase-celebridades juntas em grupos para criar ainda mais filmes de ação em conjunto, mesmo que a maioria desses novos personagens não sejam atores, muito menos heróis de ação, em tudo.


O show desta semana começou na sede da RNC, onde Kristen Wiig interpretou Christine O’Donnell para recitar digressões mais problemáticas de seu passado após sua controversa vitória sem apoio nas primárias para representar a candidatura republicana ao Senado de Delaware. Ela não foi apenas controversa por ganhar este lugar como uma forasteira, mas também alegou ser uma ex-bruxa que tentou criar ratos com cérebros humanos e também organizou uma luta de cães ou duas que fariam Michael Vick parecer um piker. Claro, sendo este o esboço de abertura, eventualmente levou ao anúncio de, "Live from New York ..."

Amy Poehler então abriu oficialmente o show com um monólogo sobre como seu sonho de apresentar o show estava se tornando realidade. Ela então compartilhou o que tinha feito desde que deixou o show, antes de apresentar os novos jogadores que literalmente duraram um segundo. Ela então terminou sua rotina de abertura compartilhando um flashback onde pudemos ver seu sonho de estresse recorrente de quando ela estava no elenco e temia chegar atrasada para o show devido a uma série de participações especiais gratuitas de ex-alunos e novos colegas de elenco que tentaram roubá-la personagens.

Bronx Beat com Betty e Jodi trouxe de volta Maya Rudolph para se juntar a Amy Poehler, a fim de reprisar os personagens do apresentador de talk show do Bronx Beat para zombar dos estereótipos do Bronx. Esta semana, os dois falsos apresentadores reunidos entrevistaram a convidada musical de hoje à noite, Katy Perry, para o esquete infame onde ela usava uma camisa decotada do Elmo e ria e balançava enquanto promovia o fato de que sua personagem lia livros para crianças na biblioteca local.

Isso foi seguido por um anúncio falso do Bosley Hair Restoration System, onde Jason Sudeikis interpretou um porta-voz que compartilhou como a empresa usava os pelos púbicos dos clientes para substituir os cabelos perdidos em suas cabeças, seja o cliente um homem de uma mulher de qualquer raça.

Maternity Matters foi outro na série em que Fred Armisen interpretou um produtor agressivo que entrou em cena como um substituto de última hora para um show onde o assunto é muito sensível para seu temperamento. Como sugere o título do esboço, desta vez ele apresentou um programa voltado para mulheres grávidas.

Mesquita no Marco Zero foi outro anúncio falso onde Bill Hader interpretou um pitchman que elogiou um turbilhão de atividades anti-democráticas que estavam ocorrendo na Mesquita no Marco Zero. Alguns dos serviços oferecidos eram coisas como a organização de casamento gay, naturalização gratuita para cidadãos mexicanos, sala de interrupção da gravidez e muitos outros serviços semelhantes que pareciam mais itens disponíveis em um shopping do que em qualquer tipo de estabelecimento religioso.

Katy Perry então subiu ao palco para interpretar California Gurls

Mais uma vez, Seth Meyers nos deu a notícia. Esta semana, Amy Poehler se juntou a Seth para outra rodada de Really. em relação ao discurso recente de Mahmoud Ahmadinejad onde ele previu a derrota do capitalismo e que os EUA estavam realmente envolvidos nos ataques de 11 de setembro. Jay Pharoah então fez sua estréia no noticiário como Will Smith para explicar como, embora ele não tenha começado em nenhum blockbuster de verão este ano, ele ainda está emocionado por sua prole estar ativa na tela em seu lugar. O verdadeiro David Paterson também parou para confrontar Fred Armisen sobre sua personificação, que principalmente zombou dele por ser cego. (Clipe 2)

The Lean Years trouxe de volta o personagem desbocado e caprichoso de Amy Poehler como o foco de uma nova série do Showtime dedicada a ela e a ela, não tão secreta, a perna perdida. Eu acho que com foi baseado em um monte de séries do Showtime dessa época, as mulheres mostradas com grandes segredos, já que a introdução foi feita de paródias rápidas desses outros shows.

Isso foi seguido por outro curta digital SNL chamado Boogerman que aconteceu no Oscar, onde Katy Perry escolheu a faixa-título de um filme chamado Boogerman que estrelou, como convidado especial, Peter Sarsgaard como o herói e Andy Samberg como disse Boogerman.

Ladies Who Lunch aconteceu em um almoço onde as mulheres do elenco e nossa anfitriã eram super competitivas e com ciúmes uns dos outros chapéus minúsculos que ficavam cada vez mais minúsculos a cada novo personagem que era apresentado à cena.

Katy Perry então voltou ao palco para apresentar Teenage Dream.

Ator II O ator teve Andy Samberg como um entusiasta da atuação, que questionou seu convidado especial, Justin Timberlake, quando ele desistiria de seus caminhos teatrais e voltaria a fazer música.

The Even More Expendables foi uma paródia de The Expendables, que apresentava uma coleção cada vez maior de quase-celebridades juntas em grupos para criar ainda mais filmes de ação em conjunto, mesmo que a maioria desses novos personagens não sejam atores, muito menos heróis de ação, em tudo.


O show desta semana começou na sede da RNC, onde Kristen Wiig interpretou Christine O’Donnell para recitar digressões mais problemáticas de seu passado após sua controversa vitória sem apoio nas primárias para representar a candidatura republicana ao Senado de Delaware. Ela não foi apenas controversa por ganhar este lugar como uma forasteira, mas também alegou ser uma ex-bruxa que tentou criar ratos com cérebros humanos e também organizou uma luta de cães ou duas que fariam Michael Vick parecer um piker. Claro, sendo este o esboço de abertura, eventualmente levou ao anúncio de, "Live from New York ..."

Amy Poehler então abriu oficialmente o show com um monólogo sobre como seu sonho de apresentar o show estava se tornando realidade. Ela então compartilhou o que tinha feito desde que deixou o show, antes de apresentar os novos jogadores que literalmente duraram um segundo. Ela então terminou sua rotina de abertura compartilhando um flashback em que pudemos ver seu sonho recorrente de estresse de quando ela estava no elenco e temia chegar atrasada para o show devido a uma série de participações especiais gratuitas de ex-alunos e novos colegas de elenco que tentaram roubá-la personagens.

Bronx Beat com Betty e Jodi trouxe de volta Maya Rudolph para se juntar a Amy Poehler, a fim de reprisar os personagens do apresentador de talk show do Bronx Beat para zombar dos estereótipos do Bronx. Esta semana, os dois falsos apresentadores reunidos entrevistaram a convidada musical de hoje à noite, Katy Perry, para o esquete infame em que ela usava uma camisa decotada do Elmo e ria e balançava enquanto promovia o fato de que sua personagem lia livros para crianças na biblioteca local.

Isso foi seguido por um anúncio falso do Sistema de Restauração Capilar Bosley, onde Jason Sudeikis interpretou um porta-voz que compartilhou como a empresa usava os pelos púbicos dos clientes para substituir os cabelos perdidos em suas cabeças, seja o cliente um homem de uma mulher de qualquer raça.

Maternity Matters foi outro na série em que Fred Armisen interpretou um produtor agressivo que entrou em cena como um substituto de última hora para um show onde o assunto é muito sensível para seu temperamento. Como sugere o título do esboço, desta vez ele apresentou um programa voltado para mulheres grávidas.

Mesquita no Marco Zero foi outro anúncio falso onde Bill Hader interpretou um pitchman que elogiou um turbilhão de atividades anti-democráticas que estavam ocorrendo na Mesquita no Marco Zero. Alguns dos serviços oferecidos eram coisas como a realização de casamento gay, naturalização gratuita para cidadãos mexicanos, sala de interrupção da gravidez, bem como muitos outros serviços semelhantes que pareciam mais coisas disponíveis em um shopping do que em qualquer forma de estabelecimento religioso.

Katy Perry então subiu ao palco para interpretar California Gurls

Mais uma vez, Seth Meyers nos deu a notícia. Esta semana, Amy Poehler se juntou a Seth para outra rodada de Really. em relação ao recente discurso de Mahmoud Ahmadinejad onde ele previu a derrota do capitalismo e que os EUA estavam realmente envolvidos nos ataques de 11 de setembro. Jay Pharoah então fez sua estréia no noticiário como Will Smith para explicar como, embora ele não tenha começado em nenhum blockbuster de verão este ano, ele ainda está emocionado por sua prole estar ativa na tela em seu lugar. O verdadeiro David Paterson também parou para confrontar Fred Armisen sobre sua personificação, que principalmente zombou dele por ser cego. (Clipe 2)

The Lean Years trouxe de volta o personagem desbocado e caprichoso de Amy Poehler como o foco de uma nova série do Showtime dedicada a ela e a ela, não tão secreta, a perna perdida. Eu acho que com foi baseado em um monte de séries do Showtime dessa época, as mulheres mostradas com grandes segredos, já que a introdução era composta de paródias rápidas desses outros shows.

Isso foi seguido por outro curta digital SNL chamado Boogerman que aconteceu no Oscar, onde Katy Perry escolheu a faixa-título de um filme chamado Boogerman que estrelou, como convidado especial, Peter Sarsgaard como o herói e Andy Samberg como disse Boogerman.

Ladies Who Lunch aconteceu em um almoço onde as mulheres do elenco e nossa anfitriã eram super competitivas e com ciúmes uns dos outros chapéus minúsculos que ficavam cada vez mais minúsculos a cada novo personagem que era apresentado à cena.

Katy Perry então voltou ao palco para apresentar Teenage Dream.

Ator II O ator teve Andy Samberg como um entusiasta da atuação, que questionou seu convidado especial, Justin Timberlake, quando ele desistiria de seus caminhos teatrais e voltaria a fazer música.

The Even More Expendables foi uma paródia de The Expendables, que apresentava uma coleção cada vez maior de quase-celebridades juntas em grupos para criar ainda mais filmes de ação em conjunto, mesmo que a maioria desses novos personagens não sejam atores, muito menos heróis de ação, em tudo.


O show desta semana começou na sede da RNC, onde Kristen Wiig interpretou Christine O’Donnell para recitar digressões mais problemáticas de seu passado após sua controversa vitória sem apoio nas primárias para representar a candidatura republicana ao Senado de Delaware. Ela não foi apenas controversa por ganhar este lugar como uma forasteira, mas também alegou ser uma ex-bruxa que tentou criar ratos com cérebros humanos e também organizou uma luta de cães ou duas que fariam Michael Vick parecer um piker. Claro, sendo este o esboço de abertura, eventualmente levou ao anúncio de, "Live from New York ..."

Amy Poehler então abriu oficialmente o show com um monólogo sobre como seu sonho de apresentar o show estava se tornando realidade. Ela então compartilhou o que tinha feito desde que deixou o show, antes de apresentar os novos jogadores que literalmente duraram um segundo. Ela então terminou sua rotina de abertura compartilhando um flashback onde pudemos ver seu sonho de estresse recorrente de quando ela estava no elenco e temia chegar atrasada para o show devido a uma série de participações especiais gratuitas de ex-alunos e novos colegas de elenco que tentaram roubá-la personagens.

Bronx Beat com Betty e Jodi trouxe de volta Maya Rudolph para se juntar a Amy Poehler, a fim de reprisar os personagens do apresentador de talk show do Bronx Beat para zombar dos estereótipos do Bronx. Esta semana, os dois falsos apresentadores reunidos entrevistaram a convidada musical de hoje à noite, Katy Perry, para o esquete infame onde ela usava uma camisa decotada do Elmo e ria e balançava enquanto promovia o fato de que sua personagem lia livros para crianças na biblioteca local.

Isso foi seguido por um anúncio falso do Bosley Hair Restoration System, onde Jason Sudeikis interpretou um porta-voz que compartilhou como a empresa usava os pelos púbicos dos clientes para substituir os cabelos perdidos em suas cabeças, seja o cliente um homem de uma mulher de qualquer raça.

Maternity Matters foi outro na série em que Fred Armisen interpretou um produtor agressivo que entrou em cena como um substituto de última hora para um show onde o assunto é muito sensível para seu temperamento. Como sugere o título do esboço, desta vez ele apresentou um programa voltado para mulheres grávidas.

Mesquita no Marco Zero foi outro anúncio falso onde Bill Hader interpretou um pitchman que elogiou um turbilhão de atividades anti-democráticas que estavam ocorrendo na Mesquita no Marco Zero. Alguns dos serviços oferecidos eram coisas como a realização de casamento gay, naturalização gratuita para cidadãos mexicanos, sala de interrupção da gravidez, bem como muitos outros serviços semelhantes que pareciam mais coisas disponíveis em um shopping do que em qualquer forma de estabelecimento religioso.

Katy Perry então subiu ao palco para interpretar California Gurls

Mais uma vez, Seth Meyers nos deu a notícia. Esta semana, Amy Poehler se juntou a Seth para outra rodada de Really. em relação ao recente discurso de Mahmoud Ahmadinejad onde ele previu a derrota do capitalismo e que os EUA estavam realmente envolvidos nos ataques de 11 de setembro. Jay Pharoah então fez sua estréia no noticiário como Will Smith para explicar como, embora ele não tenha começado em nenhum blockbuster de verão este ano, ele ainda está emocionado por sua prole estar ativa na tela em seu lugar. O verdadeiro David Paterson também parou para confrontar Fred Armisen sobre sua personificação, que principalmente zombou dele por ser cego. (Clipe 2)

The Lean Years trouxe de volta o personagem desbocado e caprichoso de Amy Poehler como o foco de uma nova série do Showtime dedicada a ela e a ela, não tão secreta, a perna perdida. Eu acho que com foi baseado em um monte de séries do Showtime dessa época, as mulheres mostradas com grandes segredos, já que a introdução era composta de paródias rápidas desses outros shows.

Isso foi seguido por outro curta digital SNL chamado Boogerman que aconteceu no Oscar, onde Katy Perry escolheu a faixa-título de um filme chamado Boogerman que estrelou, como convidado especial, Peter Sarsgaard como o herói e Andy Samberg como disse Boogerman.

Ladies Who Lunch aconteceu em um almoço onde as mulheres do elenco e nossa anfitriã eram super competitivas e com ciúmes uns dos outros chapéus minúsculos que ficavam cada vez mais minúsculos a cada novo personagem que era apresentado à cena.

Katy Perry então voltou ao palco para apresentar Teenage Dream.

Ator II O ator teve Andy Samberg como um entusiasta da atuação, que questionou seu convidado especial, Justin Timberlake, quando ele desistiria de seus caminhos teatrais e voltaria a fazer música.

The Even More Expendables foi uma paródia de The Expendables que apresentava uma coleção cada vez maior de quase-celebridades juntas em grupos para criar ainda mais filmes de ação em conjunto, mesmo que a maioria desses novos personagens não sejam atores, muito menos heróis de ação, em tudo.


O show desta semana começou na sede da RNC, onde Kristen Wiig interpretou Christine O’Donnell para recitar digressões mais problemáticas de seu passado após sua controversa vitória sem apoio nas primárias para representar a candidatura republicana ao Senado de Delaware. Ela não foi apenas controversa por ganhar este lugar como uma forasteira, mas também alegou ser uma ex-bruxa que tentou criar ratos com cérebros humanos e também organizou uma luta de cães ou duas que fariam Michael Vick parecer um piker. Claro, sendo este o esboço de abertura, eventualmente levou ao anúncio de, "Live from New York ..."

Amy Poehler então abriu oficialmente o show com um monólogo sobre como seu sonho de apresentar o show estava se tornando realidade. Ela então compartilhou o que tinha feito desde que deixou o show, antes de apresentar os novos jogadores que literalmente duraram um segundo. She then finished her opening routine by sharing a flashback where we got to see her reoccurring stress dream from when she was on the cast and feared being late for the show due to a slew of gratuitous alumni cameos and newer castmates who attempted to rip off her characters.

Bronx Beat With Betty And Jodi brought back Maya Rudolph to join Amy Poehler in order to reprise that Bronx Beat talk show host characters to make fun of Bronx stereotypes. This week, the two reunited fake show hosts interviewed tonight’s musical guest Katy Perry for the infamous sketch where she wore a low cut Elmo shirt and giggle and jiggled while promoting the fact that her character read books to children at the local library.

This was followed by a fake ad for the Bosley Hair Restoration System where Jason Sudeikis played a spokesman who shared how the company used clients pubic hair to replace the lost hair on their heads, whether the client is a man of a woman of any race.

Maternity Matters was another in the series where Fred Armisen played an aggressive producer who stepped in as a last minute replacement to has a show where the topic is way too sensitive for his temperament. As the title of the sketch suggests, this time, he hosted a show geared toward pregnant women.

Mosque At Ground Zero was another fake ad where Bill Hader played a pitchman who lauded a whirlwind of anti-Democratic activities that were taking place at the Mosque at Ground Zero. Some of the services being pitcher were things like how they hosted gay wedding, free naturalization for Mexican citizens, a pregnancy termination lounge as well as many other similar services that sounded more like things available at a mall than at any form of religious facility.

Katy Perry then took to the stage to perform California Gurls

Once again, Seth Meyers gave us the news. This week, Amy Poehler joined Seth for another round of Really. in regards to Mahmoud Ahmadinejad’s recent speech where he predicted the defeat of Capitalism and that the US was actually involved in the 9/11 attacks. Jay Pharoah then made his news debut as Will Smith to explain how, even though he didn’t start in any summer blockbuster this year, he’s still thrilled that his spawn has been active on the screen in his place. The real David Paterson also stopped by to confront Fred Armisen about his impersonation that mainly made fun of him for being blind. (Clip 2)

The Lean Years brought back Amy Poehler’s foul-mouthed, one-legged character as the focus of a new Showtime series devoted to her and her, not so secret, missing leg. I guess with was based on a bunch of Showtime series from this time the featured women with major secrets since the introduction was made up of rapid parodies of these other shows.

This was followed by another SNL Digital Short called Boogerman that took place at the Academy Awards where Katy Perry sand the title track for a film called Boogerman that starred, special guest, Peter Sarsgaard as the hero and Andy Samberg as said Boogerman.

Ladies Who Lunch took place at a luncheon where the women of the cast and our host were all super competitive and jealous over each other’s tiny hats that got tinier and tinier with each new character who was introduced to the scene.

Katy Perry then returned to the stage to perform Teenage Dream.

Actor II Actor had Andy Samberg as an acting enthusiast who questioned his special guest, Justin Timberlake when he would give up on his thespian ways and get back to making music.

The Even More Expendables was a parody follow up to the Expendables that featured an ever-expanding collection of quasi-celebrities together into a bunches to create even more ensemble action films, even though most of these new characters, aren’t actors, let alone action heroes, at all.


This week's show started at the RNC Headquarters where Kristen Wiig played Christine O’Donnell to rattle off more problematic digressions from her past following her controversial unsupported winning the primary to represent the Republican candidacy for the Delaware Senate. Not only was she controversial for winning this spot as an outsider but, she also claimed to be a former witch who tried to create mice with human brains, and also hosted a dogfight or two that would make Michael Vick look like a piker. Of course, with this being the opening sketch, it eventually led to the announcement of, “Live from New York…”

Amy Poehler then officially opened the show with a monolog about how her dream of actually hosting the show was coming true. She then shared what she had been up to since leaving the show, before introducing the new featured players that literally lasted a second. She then finished her opening routine by sharing a flashback where we got to see her reoccurring stress dream from when she was on the cast and feared being late for the show due to a slew of gratuitous alumni cameos and newer castmates who attempted to rip off her characters.

Bronx Beat With Betty And Jodi brought back Maya Rudolph to join Amy Poehler in order to reprise that Bronx Beat talk show host characters to make fun of Bronx stereotypes. This week, the two reunited fake show hosts interviewed tonight’s musical guest Katy Perry for the infamous sketch where she wore a low cut Elmo shirt and giggle and jiggled while promoting the fact that her character read books to children at the local library.

This was followed by a fake ad for the Bosley Hair Restoration System where Jason Sudeikis played a spokesman who shared how the company used clients pubic hair to replace the lost hair on their heads, whether the client is a man of a woman of any race.

Maternity Matters was another in the series where Fred Armisen played an aggressive producer who stepped in as a last minute replacement to has a show where the topic is way too sensitive for his temperament. As the title of the sketch suggests, this time, he hosted a show geared toward pregnant women.

Mosque At Ground Zero was another fake ad where Bill Hader played a pitchman who lauded a whirlwind of anti-Democratic activities that were taking place at the Mosque at Ground Zero. Some of the services being pitcher were things like how they hosted gay wedding, free naturalization for Mexican citizens, a pregnancy termination lounge as well as many other similar services that sounded more like things available at a mall than at any form of religious facility.

Katy Perry then took to the stage to perform California Gurls

Once again, Seth Meyers gave us the news. This week, Amy Poehler joined Seth for another round of Really. in regards to Mahmoud Ahmadinejad’s recent speech where he predicted the defeat of Capitalism and that the US was actually involved in the 9/11 attacks. Jay Pharoah then made his news debut as Will Smith to explain how, even though he didn’t start in any summer blockbuster this year, he’s still thrilled that his spawn has been active on the screen in his place. The real David Paterson also stopped by to confront Fred Armisen about his impersonation that mainly made fun of him for being blind. (Clip 2)

The Lean Years brought back Amy Poehler’s foul-mouthed, one-legged character as the focus of a new Showtime series devoted to her and her, not so secret, missing leg. I guess with was based on a bunch of Showtime series from this time the featured women with major secrets since the introduction was made up of rapid parodies of these other shows.

This was followed by another SNL Digital Short called Boogerman that took place at the Academy Awards where Katy Perry sand the title track for a film called Boogerman that starred, special guest, Peter Sarsgaard as the hero and Andy Samberg as said Boogerman.

Ladies Who Lunch took place at a luncheon where the women of the cast and our host were all super competitive and jealous over each other’s tiny hats that got tinier and tinier with each new character who was introduced to the scene.

Katy Perry then returned to the stage to perform Teenage Dream.

Actor II Actor had Andy Samberg as an acting enthusiast who questioned his special guest, Justin Timberlake when he would give up on his thespian ways and get back to making music.

The Even More Expendables was a parody follow up to the Expendables that featured an ever-expanding collection of quasi-celebrities together into a bunches to create even more ensemble action films, even though most of these new characters, aren’t actors, let alone action heroes, at all.


This week's show started at the RNC Headquarters where Kristen Wiig played Christine O’Donnell to rattle off more problematic digressions from her past following her controversial unsupported winning the primary to represent the Republican candidacy for the Delaware Senate. Not only was she controversial for winning this spot as an outsider but, she also claimed to be a former witch who tried to create mice with human brains, and also hosted a dogfight or two that would make Michael Vick look like a piker. Of course, with this being the opening sketch, it eventually led to the announcement of, “Live from New York…”

Amy Poehler then officially opened the show with a monolog about how her dream of actually hosting the show was coming true. She then shared what she had been up to since leaving the show, before introducing the new featured players that literally lasted a second. She then finished her opening routine by sharing a flashback where we got to see her reoccurring stress dream from when she was on the cast and feared being late for the show due to a slew of gratuitous alumni cameos and newer castmates who attempted to rip off her characters.

Bronx Beat With Betty And Jodi brought back Maya Rudolph to join Amy Poehler in order to reprise that Bronx Beat talk show host characters to make fun of Bronx stereotypes. This week, the two reunited fake show hosts interviewed tonight’s musical guest Katy Perry for the infamous sketch where she wore a low cut Elmo shirt and giggle and jiggled while promoting the fact that her character read books to children at the local library.

This was followed by a fake ad for the Bosley Hair Restoration System where Jason Sudeikis played a spokesman who shared how the company used clients pubic hair to replace the lost hair on their heads, whether the client is a man of a woman of any race.

Maternity Matters was another in the series where Fred Armisen played an aggressive producer who stepped in as a last minute replacement to has a show where the topic is way too sensitive for his temperament. As the title of the sketch suggests, this time, he hosted a show geared toward pregnant women.

Mosque At Ground Zero was another fake ad where Bill Hader played a pitchman who lauded a whirlwind of anti-Democratic activities that were taking place at the Mosque at Ground Zero. Some of the services being pitcher were things like how they hosted gay wedding, free naturalization for Mexican citizens, a pregnancy termination lounge as well as many other similar services that sounded more like things available at a mall than at any form of religious facility.

Katy Perry then took to the stage to perform California Gurls

Once again, Seth Meyers gave us the news. This week, Amy Poehler joined Seth for another round of Really. in regards to Mahmoud Ahmadinejad’s recent speech where he predicted the defeat of Capitalism and that the US was actually involved in the 9/11 attacks. Jay Pharoah then made his news debut as Will Smith to explain how, even though he didn’t start in any summer blockbuster this year, he’s still thrilled that his spawn has been active on the screen in his place. The real David Paterson also stopped by to confront Fred Armisen about his impersonation that mainly made fun of him for being blind. (Clip 2)

The Lean Years brought back Amy Poehler’s foul-mouthed, one-legged character as the focus of a new Showtime series devoted to her and her, not so secret, missing leg. I guess with was based on a bunch of Showtime series from this time the featured women with major secrets since the introduction was made up of rapid parodies of these other shows.

This was followed by another SNL Digital Short called Boogerman that took place at the Academy Awards where Katy Perry sand the title track for a film called Boogerman that starred, special guest, Peter Sarsgaard as the hero and Andy Samberg as said Boogerman.

Ladies Who Lunch took place at a luncheon where the women of the cast and our host were all super competitive and jealous over each other’s tiny hats that got tinier and tinier with each new character who was introduced to the scene.

Katy Perry then returned to the stage to perform Teenage Dream.

Actor II Actor had Andy Samberg as an acting enthusiast who questioned his special guest, Justin Timberlake when he would give up on his thespian ways and get back to making music.

The Even More Expendables was a parody follow up to the Expendables that featured an ever-expanding collection of quasi-celebrities together into a bunches to create even more ensemble action films, even though most of these new characters, aren’t actors, let alone action heroes, at all.


This week's show started at the RNC Headquarters where Kristen Wiig played Christine O’Donnell to rattle off more problematic digressions from her past following her controversial unsupported winning the primary to represent the Republican candidacy for the Delaware Senate. Not only was she controversial for winning this spot as an outsider but, she also claimed to be a former witch who tried to create mice with human brains, and also hosted a dogfight or two that would make Michael Vick look like a piker. Of course, with this being the opening sketch, it eventually led to the announcement of, “Live from New York…”

Amy Poehler then officially opened the show with a monolog about how her dream of actually hosting the show was coming true. She then shared what she had been up to since leaving the show, before introducing the new featured players that literally lasted a second. She then finished her opening routine by sharing a flashback where we got to see her reoccurring stress dream from when she was on the cast and feared being late for the show due to a slew of gratuitous alumni cameos and newer castmates who attempted to rip off her characters.

Bronx Beat With Betty And Jodi brought back Maya Rudolph to join Amy Poehler in order to reprise that Bronx Beat talk show host characters to make fun of Bronx stereotypes. This week, the two reunited fake show hosts interviewed tonight’s musical guest Katy Perry for the infamous sketch where she wore a low cut Elmo shirt and giggle and jiggled while promoting the fact that her character read books to children at the local library.

This was followed by a fake ad for the Bosley Hair Restoration System where Jason Sudeikis played a spokesman who shared how the company used clients pubic hair to replace the lost hair on their heads, whether the client is a man of a woman of any race.

Maternity Matters was another in the series where Fred Armisen played an aggressive producer who stepped in as a last minute replacement to has a show where the topic is way too sensitive for his temperament. As the title of the sketch suggests, this time, he hosted a show geared toward pregnant women.

Mosque At Ground Zero was another fake ad where Bill Hader played a pitchman who lauded a whirlwind of anti-Democratic activities that were taking place at the Mosque at Ground Zero. Some of the services being pitcher were things like how they hosted gay wedding, free naturalization for Mexican citizens, a pregnancy termination lounge as well as many other similar services that sounded more like things available at a mall than at any form of religious facility.

Katy Perry then took to the stage to perform California Gurls

Once again, Seth Meyers gave us the news. This week, Amy Poehler joined Seth for another round of Really. in regards to Mahmoud Ahmadinejad’s recent speech where he predicted the defeat of Capitalism and that the US was actually involved in the 9/11 attacks. Jay Pharoah then made his news debut as Will Smith to explain how, even though he didn’t start in any summer blockbuster this year, he’s still thrilled that his spawn has been active on the screen in his place. The real David Paterson also stopped by to confront Fred Armisen about his impersonation that mainly made fun of him for being blind. (Clip 2)

The Lean Years brought back Amy Poehler’s foul-mouthed, one-legged character as the focus of a new Showtime series devoted to her and her, not so secret, missing leg. I guess with was based on a bunch of Showtime series from this time the featured women with major secrets since the introduction was made up of rapid parodies of these other shows.

This was followed by another SNL Digital Short called Boogerman that took place at the Academy Awards where Katy Perry sand the title track for a film called Boogerman that starred, special guest, Peter Sarsgaard as the hero and Andy Samberg as said Boogerman.

Ladies Who Lunch took place at a luncheon where the women of the cast and our host were all super competitive and jealous over each other’s tiny hats that got tinier and tinier with each new character who was introduced to the scene.

Katy Perry then returned to the stage to perform Teenage Dream.

Actor II Actor had Andy Samberg as an acting enthusiast who questioned his special guest, Justin Timberlake when he would give up on his thespian ways and get back to making music.

The Even More Expendables was a parody follow up to the Expendables that featured an ever-expanding collection of quasi-celebrities together into a bunches to create even more ensemble action films, even though most of these new characters, aren’t actors, let alone action heroes, at all.


Assista o vídeo: The Manuel Ortiz Show: James Franco - SNL (Dezembro 2021).